quinta-feira, 18 de outubro de 2012


aroma
sabor
sintonizam
além
taças
Toca-me...


SIGRID SPOLZINO 
PRECISAMENTE

Se estiver escondido
lugar acaba esquecido
amor sucumbe recolhido


Difícil resistir
perecerá retido
à dúvida atribuído


Se dentro há amor
se amada for
retribuído além, do físico


Sem palavras torna-se indivisível
acalentado 
sem promessas
Amar sem medidas sê razão

SIGRID SPOLZINO

LEITURA

Leu
meu
corpo
feito
verso
rimado
ondulado
gosto maresia
Sabes bem inspirar
agora mar afora meu

 
Como terias feito para encontrar-me?

Se deixou guiar por um par de castanhos  
à boca, delicioso rastro de vinho e mel
fez chegar aurora contigo recitando 
embevecido de afeto, imagina só...
Mar a soar​ poesia com meu nome!

SIGRID SPOLZINO



AO NASCER
427784 311567832254566 749987258 n Carícia
(Obra - O Nascimento de Vênus de Botticelli)


O amor desperta algo ao chegar
Uns continuam a sonhar...

quando melhor é acordado a dois!
SIGRID SPOLZINO 

SILHUETA

Poetar; nada como começar... 
versos delineados em instantes 
nossos mais vibrantes desejos! 

SIGRID SPOLZINO


valerioduto
abastecendo
corruptos
basta...
cadeia
bandidos
SIGRID SPOLZINO



dentro
quentes
motivos
oceanam
desejos
afora

SIGRID SPOLZINO



naturalmente
verão
outonar
invernecidas
reverências
primavera

SIGRID SPOLZINO


ventania
agosto
sinonímia

frio
sabor
indigesto



Sigrid Spolzino

quinta-feira, 13 de setembro de 2012


frio 
ventos

tenso
clima
permanência
contragosto 


SIGRID SPOLZINO 


assanhamento
segue-me
querendo
poesia
adivinha...
lua
SIGRID SPOLZINO

ACORDES

De súbito
acordes fortíssimos
na harmonia maior sustenido
súplicas saem das entranhas
duas almas entoam cantigas
Tocar ao corpo é possível
em silêncio todo sentido
Dentro, coração ao extremo
sem acordes mesmo
Ora outras notas em compasso
numa sucessão de sons
agradáveis aos ouvidos
fazendo céu lá fora vir cá p'ra dentro
um conjunto magnífico
resulta melodia à moda antiga:
Sol trouxe amor em tom maior!




SIGRID SPOLZINO 


ROTA

Corpos sinalizam 
bocas sigam tecendo caminhos
à mão desejos afio

Universo conspira
amor 
se convida!
SIGRID SPOLZINO

ALÍVIO


A busca por caminhos

nos atalhos, sentido

Lá na frente...


uma flor sorrindo

É a mãe natureza

cheia de boas intenções

nos dizendo:

Tudo é possível!

SIGRID SPOLZINO

SUFICIENTE

Dado momento sussurrei: envolva-me...
foi bastante; orquestrado o tom
duas emoções agora um sol!
SIGRID SPOLZINO

Óbvia
eminência;
Paixão
transcende
nossos
corpos


Sigrid Spolzino

MOMENTO ÚNICO


Quão maravilhoso amar nessa vida
por um instante toda compreensão; 
saltos imensos ao firmamento
Desejo a dois:
Sermos uno por um momento!

SIGRID SPOLZINO

ESPERANÇA


Dias e noites 

espera d'um milagre

Hoje, no semblante
 

felicidade conduz instante! 

SIGRID SPOLZINO

SOLIDEZ
Foto: SOLIDEZ

Na solidez calma d' um pensamento oceanam desejos!
 
SIGRID SPOLZINO
Na solidez calma d'um pensamento oceanam desejos 
SIGRID SPOLZINO

INSTANTE

Navega teus olhos por minhas linhas
toma instantes de minha'lma
são teus eternos, pensamentos meus!
SIGRID SPOLZINO

sábado, 8 de setembro de 2012

RESPINGOS DOCES
CARPE DIEM
Chuva, quem brincou lembra...
Dias doces entonados pela alegria
Era só água, mas quanta folia! 


SIGRID SPOLZINO
LA QUINTANA

Quando pensar algo de bom
declare ao universo de coração 
quem sabe ele conspira junto, então
e, faz chegar um amor dos bons


Da vontade deixe vir o desejo
desejo danado de querer amar
amar, pois o tempo passa ligeiro
tão ligeiro que só temos um jeito


Amar ultrapassando limites
deixar aquela taça transbordar
Com zelo esparramar os corpos
libido escorre até a chamada morte


Num morrer poético a La Quintana
quer coisa melhor nesse mundo?
"... tão bom morrer de amor
e continuar vivendo...''



SIGRID SPOLZINO


Completude
poucas palavras p'ra tanto sentido 
fevor d'uma relação: prazer e gozos nutridos 
SIGRID SPOLZINO



tragédia
humana
proporcional
à
pobreza
política

SIGRID SPOLZINO

pobres
cidadãos
cabrestos

Produto
político
manipulado


SIGRID SPOLZINO


RUMO

Secreto elo une
teu desalinho a meu destino
salubres doses de loucura, razões algumas! 
SIGRID SPOLZINO


Uma pergunta no ar
espera d'uma resposta
minutos parecem horas
Ah! Horas que não passam
Mas, que tanto é esse...
A ponto de deixar-me 
sobremaneira a 
querer?
Ah! Fala sensatez
te permito intuir-me:
Espero vontade passar?
Melhor falar-me logo, porque ando
arrumando fortes motivos p'ra ficar... 


SIGRID SPOLZINO


TODA SENSUALIDADE

Ecoou...
Sim a fazer sentido
Como dizem os poetas
basta essa palavra miúda
p'ra corpo e alma esbanjarem 
a tal 
química perfeita
Sorte grande se for poeta
ao a(mar)em
 com tesão
oceanam em versos, sensação! 
SIGRID SPOLZINO

DICA


Abra uma janela a tua frente 
em seguida feche janelas d'alma 
adiante, 
mágicos instantes!
SIGRID SPOLZINO

Imaginamos que uma gota pode ser pouco,

mas o que é um oceano
Sigrid Spolzino




Juntos numa oração  
a emanar luz do coração
Fortalecidos alcançamos
momentos de segurança
Mãos unidas em esperança
fazem vibrar tranquilidade
Elevemos nossos sentimentos 
que sejam os mais verdadeiros
Ao preenchermo-nos de 
inabalável nossa fé!
Na prece, pedido confiante 
venha cura exultante!

A todos que num determinado momento de suas vidas sintam necessidade de orar. Esta em especial é por Sophie Ferreira Spolzino Porto, minha sobrinha neta, diagnosticada com leucemia, em 14/08/2012.
SIGRID SPOLZINO



MENSALÃO

Nunca vi tanto "inocente" junto 
diante dos "38 réus" 
Pelo visto, dignos de canonização
... que papelão esse mensalão! 
Chamem o papa!
É muito santo do pau oco, viu?
Santo que nada
nada se encaixa
P'ra santo precisava 
ser exemplar, virtuoso e conduta irrepreensível 
Nesse caso todos estão mais perto é do inferno!


Avia justiça!!!
que entre "eles" falta escolher 
quem será o boi de piranha da vez! 
SIGRID SPOLZINO


AR

Precisando de ar...
coqueiros e brisa, de quebra, pernas p'ro ar a convidar poesia! 
SIGRID SPOLZINO


EXPERIMENTA

Viva! Se possível, intensamente 
Ao poetar, calmamente expresse-se 
Sinta além, alcançaste quem te leu
SIGRID SPOLZINO

quarta-feira, 29 de agosto de 2012


HAIKAI

Acedeu tarde 
fez-se noite dégradé 
sublime visão 

Pôr do Sol em Brasília 1
Kigô - Pontão, Lago Sul

Brasília, nessa época do ano tem um pôr do sol cinematográfico.
Um domingo p'ra fechar com chave de ouro, o Dia dos Pais!
SIGRID SPOLZINO


SIM

Sim!
Aqueça, se amor encontrado.
Sim!
Resgaste teu amor guardado,
na dúvida...
suspenda o juízo!
E, lá dentro,
bem lá dentro fecundo,
deixe-se tomar conta por um amor novo!
Ao menos, depois dirá p'ra si, tentei...!
SIGRID SPOLZINO



DESVELO
Image Hosted by ImageShack.us
Ceda a sede incessante
inevitavelmente, lábios meus a tua boca
Ah! ... selados gozos! 

SIGRID SPOLZINO




EU COMIGO


Me sentindo...

às vezes, meio perdida

se fechados os olhos... distraída encontro-me inteira!




Arte: Aurora Telas
SIGRID SPOLZINO


HAIKAI

Bem te vis chamam
Maritacas respondem
tarde convida
SIGRID SPOLZINO

BATEU SAUDADE

Moldurei abraços
e contornei meu corpo
fez-se tela tua arte
Pinceladas do coração
trazem emoção à janela d'alma


Ah, bateu saudade...! 


À boca, tímido sorriso
quer em vez disso mais motivos
Coração anda silenciado
 
prefere ficar calado 
pulsando numa razão


Ah, ainda é saudade...!
SIGRID SPOLZINO

HAIKAI

Inverno atroz
conchego sem palavras
fogão à lenha



Arte FOGÃO À LENHA 
- Geraldo Oliveira 
SIGRID SPOLZINO

HAIKAI


Flores natura
atenção jardineiros
setembro vem aí

Mosaico de Marlymosaicos's weblog


SIGRID SPOLZINO



...P'RO AR


Nesse teu olhar
entende-se mais que pedidos
Uma 
noite esticar
um querer madrugar
além prolongar esse 
ninho 

Sem delírio faz de conta e navega 
teu mar logo meu oceano 
De tudo que é jeito, entendido 
resta-nos 
encompridar os suspiros... 
Imenso 
prazer ter prazer contigo!


SIGRID SPOLZINO

terça-feira, 7 de agosto de 2012



EM FLOR

Trouxe-me em 
flor
Pétala a pétala com teus beijos toca
garanto-te todo teu, parte maior amor


Encontrei inspiração...
QUANDO A GENTE AMA - OSWALDO MONTENEGRO
http://www.youtube.com/watch?v=SqilVyJnLXQ&feature=related
SIGRID SPOLZINO


AUSÊNCIAS

Sejam temporárias suficientes a fortalecer-nos.
Fiquem p'ra sempre somente, as irremediáveis!



Escrevia enquanto escutava WIND LOVE - ERA
http://www.youtube.com/watch?v=xEy_3igupT8&feature=autoplay&list=FLANebux91pKHOUn390fmjqQ&playnext=1
SIGRID SPOLZINO